Quero Ser a Pedra No Caminho

Postado por NaNa Caê quinta-feira, 29 de abril de 2010 19:54:00

4

.

Ei garoto, sim, garoto. Homem que você ainda não deve ser, por que com esse linguajar, vocabulário chulo...

Aposto que vai esbravejar, dizer que não é baixeza da sua parte, vai insistir que é sotaque, costume, cultura.

Mas garoto, o que adianta ler os clássicos, ouvir Beatles se não absorve nada?

Hoje eu quis saber quem você é, senti vontade de escutar todas suas baboseiras em vez de apenas lê-las. Sério, conversaria normalmente, concordaria com tudo que você tem falado nos últimos dias sobre mim.

Não por que eu ache que você esteja certo, não que eu tenha cogitado ceder, mas estou tão cansada que desejei ser pedra, só pra ficar quietinha, parada, sem ter o que fazer.

E você foi o melhor que imaginei pra me dar sono, fazer dormir.

Hoje armazenarei tudo que for dito, nada de te ignorar.

.

[Ouvindo: Beatles - Maxwells Silver Hammer]

.

Polipropileno

Postado por NaNa Caê segunda-feira, 26 de abril de 2010 08:45:00

6

.

Sou um saco, plástico, pronto para te sufocar.

Porém não é apenas fogo que me faz derreter.

.

[Ouvindo: Radiohead - A Wolf At The Doctor]

.

Na Cara

Postado por NaNa Caê sexta-feira, 23 de abril de 2010 09:32:00

4

.

Sem fôlego para pessoas, apenas socos.
O cinismo voltou e junto com ele a ironia.

Que eu enfrente quem tiver que enfrentar . . .

.

[Ouvindo: merda nenhuma]

.

Tubo e Metal

Postado por NaNa Caê quinta-feira, 22 de abril de 2010 08:47:00

3

.

Com seu tubo de ensaio na mão sente-se feliz
O seu tubo de ensaio não
Tubo não sente

Arruma então outro objeto para dar vida
Cria um boneco de metal
Passeia longe da maresia

Para hidratá-lo
Enfia o tubo em uma melancia
Separa as sementes para não criar barriga

Conhece a sina
Troca-me pelo tubo de ensaio
E o tubo pelo boneco de metal
Não vive mais perto do mar
Mas adora a ressaca do meio dia

Enquanto isso dança
Dança por garantia
Perde-se em passos errados
Tenta seguir o ritmo
Mas música alguma lhe é oferecida

.

[Ouvindo: Beatles - Maxwell's Silver Hammer]

.

- te amo

Postado por NaNa Caê segunda-feira, 19 de abril de 2010 12:02:00

3

.

Não que seja um pensamento egoísta prevalecente da necessidade de ter alguém para não me sentir solitária em um sábado de manhã, para não ter a dor de não existir ser algum ao meu lado no fim de um domingo depressivo, por que é sempre assim, depressão pré-segunda-feira, o carma universal.

.

[Ouvindo: Garbage - #Crush]

.

Processo Sentimental

Postado por NaNa Caê 11:57:00

0

.

Porra, tenho que confessar, odeio abandonos, principalmente quando o imaculado e talvez salvador pessimismo é quem faz isso, me deixa ás mínguas. Mas hoje acordei tão esperançosa.

É

Vamos fingir que o culpado não é o amor, vamos colocar o otimismo no banco dos réus.

.

[Ouvindo: Wander Wildner - Wynona]

.

Vista Curta

Postado por NaNa Caê terça-feira, 13 de abril de 2010 09:07:00

1

.

Míope
Não enxergo
Assim acho que também ninguém me vê

Logo
Finjo não existir

.

[Ouvindo: Franz Ferdinand - I'm Your Villain]

.

Alô

Postado por NaNa Caê segunda-feira, 12 de abril de 2010 11:23:00

2

.

- Sabe o quanto odeio isso, não é?

- O que exatamente, o sol, o céu, o dia, o sono, as nuvens, eu?

- Você me acha mesmo tão vaga assim?

- Não se trata de vazio, você tem pensamentos demais, idéias demais, desejos demais, xinga demais, fala demais, com tanta coisa assim eu me perco em saber quem realmente você é, imagina o que não gosta ... Mas então, como vão as coisas por aí?

- Sabe o quanto odeio isso, não é?

.

[Ouvindo: Franz Ferdinand - Katherine Kiss Me]

.

Apenas Raiva III

Postado por NaNa Caê quinta-feira, 8 de abril de 2010 08:45:00

4

.

Estraçalhar cada nervo com os dentes tendo a certeza de que o gosto nunca mais irá sair da boca, para que em cada tosse fique mais forte, raspe a garganta, penetre em direção ao esquecido útero.

Entretanto não se tornará certo, pois o amargo não permanece apenas no olhar, na língua ele adormece, e dali flechas ásperas saem, direto para seu peito, o alvo é seu peito, sempre foi.

Recuso então o paladar aguçado essa noite e pendo para o insosso, esmurro as palavras como se fosse enfraquecer o ar, tirar sua vida.

Recuso o sabor das negações essa noite, amanhã, cedo, mais tarde, à tarde, depois e depois.

Assim para todo o sempre, recuso você, ou talvez apenas por agora, enquanto a raiva não passa.

.

[Ouvindo: Franz Ferdinand -Ulysses]

.

Apenas Raiva II

Postado por NaNa Caê 08:40:00

0

.

Ridículo isso

O choro
A dor na parede
Mão cortada contra a tinta.

Por que no outro dia toda insensibilidade voltará
Mendigos serão ignorados
Pessoas enganadas

Para não sair da rotina sorrisos pouparão eventuais pedidos
De retirada

Sempre com destino à puta que pariu

.

[Ouvindo: Franz Ferdinand -Ulysses]

.

Apenas Raiva I

Postado por NaNa Caê 08:37:00

1

.

Foda-se sua censura ou as reclamações de desgosto pelo o que escrevo.

As ambigüidades não deixarão de ser ensaiadas.

.

[Ouvindo: Franz Ferdinand -Ulysses]

.

Aprendendo Sobre Cores

Postado por NaNa Caê terça-feira, 6 de abril de 2010 11:25:00

1

.

Consegui enxergar a bandeira toda alegre-colorida sendo balançada pra lá e pra ca, sim a bandeira do start, do ponto inicial.

E é tão complicado aceitar, permitir o começo.

Sempre quando percebo a mínima possibilidade disso eu desapareço. E agora não. Eu quero ficar perto. Quero ficar parada mesmo que a chuva caia. Quero me encharcar dessa verdade.


Nós. Que tudo se inicie com essa conjugação.

.

[Ouvindo: Delphic - Acolyte]

.