Na Gaveta 2

Postado por NaNa Caê quinta-feira, 25 de novembro de 2010 10:46:00

3

.

Você não sabe o quanto é difícil explicar que eu amo o seu modo de pensar, todo o raciocínio que você segue, mesmo que seja lento, há uma linha construída ali, bastante retilínea, e quem pensa hoje com razão é tão difícil de encontrar.

Sabe o quanto é difícil explicar que amo seu cheiro, o jeito como sorri, um sorriso estúpido, totalmente aberto, quando percebe que deixou escapar todos os dentes, que deixou toda gengiva a vista usa os lábios pra fechar a estranha beleza.

Você não sabe o quanto e difícil explicar a falta que sinto de conversar, aqueles assuntos que na verdade não giravam em torno de assunto algum. A notícia que saiu no jornal, o berro que a vizinha deu, o livro lido só até a página 33, os pontos e vírgulas.

E tudo vai se tornando posse nossa. Quando lembramos dessas pequenas idiotices nos conectamos a algo maior.

Você não tem noção de como é difícil pra mim, amar tudo, mas não você.

.

[Ouvindo: The XX - Fantasy]

.

Na Gaveta 1

Postado por NaNa Caê 10:35:00

2

.

Não estou feliz por não ter tempo para ler o que me interessa, não estou nem um pouco contente por não poder reler. Não sinto satisfação em ouvir música apenas para a cabeça não estourar com outros pensamentos, quinhentos novos problemas.

Não há mais satisfação nem para escrever.

E pensar demais é confundido com tristeza, marasmo, não pensar é igualdade de burrice. Fico correndo pelos dois cantos, por dois becos extremos, encerrando discussões com vírgulas, sem saber como usar um maldito ponto final.

.

[Ouvindo: The XX - Islands]

.

Em Digestão

Postado por NaNa Caê sexta-feira, 19 de novembro de 2010 17:49:00

2

.

Eu sei que preciso escrever, não aqui, eu falo todos os dias, no trabalho e isso me priva, de uma possível compreensão.

Eu não sei se você gosta disso, mas comigo não tem funcionado bem, eu na verdade talvez não esteja tão bem, para aceitar, uma ou outra pressão.

É vontade, de parar, e ficar, e sentar, e fechar, as portas, janelas, os olhos e o coração. Escutar as paredes para ver se elas me ensinam o que sozinha está tão difícil de entender.

Então perdão se eu não tenho escrito aquelas longas cartas, se não tenho feito planos para os próximos 21 anos.

Deve ser a textura, não sei, das palavras, eu as sinto na boca, é verdade, não fica rindo assim das minhas metáforas, mas elas tocam minha língua, então os dentes se cerram, as serram ao meio, trituram as verdades e eu sem ter o que fazer mastigo suas mentiras também.

.

[Ouvindo: She & Him - If You Can't Sleep]

.

Quatro

Postado por NaNa Caê 17:19:00

1

.

Estou cansada desse laço
Isso que une a gente
Esse minúsculo espaço
Entre
Que de pequeno não tem nada
Sufoca
Acho melhor mesmo de vez você ir
Pode deixar que eu me viro por aqui
Dou adeus antes que isso se desfaça

.

[Ouvindo: She & Him - Don't Look Back]

.