Nem Tudo Passa

Postado por NaNa Caê quinta-feira, 3 de dezembro de 2009 09:45:00

.

São as horas de olhar perdido
As metamorfoses de cinzeiro durante a semana
As folhas gastas do livro azul
Sempre azul

E as cores seguem na perseguição

Chico também corre atrás
Belchior
Calcanhotto
Placebo então assassina


São os olhares intensos desde o início
As irritantes analogias com o cantor andrógino
O tênis laranja hoje já meio gasto
Sempre laranja

E as cores seguem na perseguição

Drummond também corre atrás
Leminski
Caio Fernando Abreu
Pessoa então assassina

São os momentos planejados não executados
Por enquanto inexistentes
Os rumores de seguidas vidas
A estrela guardada dentro da minúscula caixa
Pequena
De brinquedo
Complicada para mim


E se eu confessar que de tanto egoísmo carrego meu próprio céu no bolso?

E se eu disser que apenas um brilho satisfaz?


Quebro sua filosofia
Teoria
Bato de frente

Usando como arma meu coração

.

[Ouvindo: Metric – Love is a Place]

.

Comments (6)

Postar um comentário